Associação Brasil Border Collie
Regulamento de Provas

Elaborado Pela Comissão Técnica De Pastoreio Da ABBC Reformado Pela AGO Em 14 De Novembro De 2012.

CAPITULO I - DAS PROVAS:
A. REGRAS GERAIS

Artigo 1º - O Campeonato Brasileiro de Pastoreio será realizado em competição concentrada, envolvendo os cães qualificados nos campeonatos organizados pelas associações estaduais ou regionais, segundo este regulamento de provas, elaborado pela Comissão Técnica de Provas, escolhida pelos associados e aprovados por esses, cujas regras deverão estar em consonância com as diretrizes da ISDS - International Sheep Dog Society, no que se refere a provas de trabalho..

§ 1º - Será permitido participar do Campeonato Brasileiro de Pastoreio, apenas os cães cujos proprietários e condutores estejam associados em plenos direitos da ABBC.
§ 2º - A competição será realizada uma vez ao ano, em local alternado entre os estados ou regiões que tiverem uma associação de pastoreio associada à ABBC.
§ 3º - O Campeonato Brasileiro será disputado separadamente para trabalho com ovinos e para trabalho com bovinos e consistirá em 03 (três) provas de OVINOS para cada categoria, realizadas em 03 (três) dias consecutivos e outras 03 (três) provas para cada categoria com BOVINOS também em dias consecutivos.
§ 4º - As provas serão julgadas por 01 (um) Juiz de Prova que julgará separadamente cada uma das categorias.
§ 5º - O Juiz de Prova e o Diretor de Prova serão indicados pela Comissão Técnica da ABBC.
§ 6º - É adotado, para fins de classificação, o sistema de "pontos corridos somados" a partir do 1º dia de prova em que o cão participar.
§ 7º - Revogado.
§ 8º - A pontuação de cada cão será apurada pela soma das pontuações obtidas em cada uma das provas, com exceção da Open Ovinos que terá forma de pontuação diversa.
§ 9º - Em caso de empate na soma dos pontos obtidos nas duas primeiras provas, será considerada, para fins de desempate, a maior pontuação obtida em qualquer uma das duas provas.
§ 10º - Na Categoria NOVATOS OVINOS E NOVATOS BOVINOS os cães concorrerão ao total de 180 (cento e oitenta) pontos até a Final.
§ 11º - Na Categoria RANCH OVINOS os cães concorrerão ao total de 255 (duzentos e cinqüenta e cinco) pontos (85 ponto em cada prova) até a Final.
§ 12º - Na Categoria RANCH BOVINOS os cães concorrerão ao total de 225 (duzentos e vinte e cinco) pontos (75 ponto em cada prova) até a Final.
§ 13º - Na Categoria OPEN OVINOS os cães concorrerão ao total de 220 (duzentos e vinte) pontos nas provas Classificatórias (110 ponto em cada prova) e 170 (cento e setenta) pontos na prova Final.
§ 14º - Na Categoria OPEN BOVINOS os cães concorrerão ao total de 300 (trezentos) pontos até a Final.

Artigo 2º - As categorias que disputarão o Campeonato Brasileiro de Pastoreio são as seguintes:
A - Provas com ovinos:
1 - Novatos (Classe 1);
2 - Ranch (Classe 2);
3 - Open (Classe 3);

B - Provas com bovinos:
1 - Novatos (Classe 1);
2 - Ranch (Classe 2);
3 - Open (Classe 3);

B. PROVAS COM OVINOS
B.1 Categoria NOVATOS OVINOS

Artigo 3º - A prova de NOVATOS será disputada pelos cães qualificados através da Classificatória Nacional da Associação Brasil Border Collie -- ABBC (CNA), pontuando através das Provas Credenciadas junto a ABBC, promovidas pelas associações estaduais ou regionais associadas à ABBC.

§ 1º - Comporão uma lista de 03 cães reservas.
§ 2º - Não serão permitidos condutores que tenham participado de provas oficiais na Categoria Open em qualquer campeonato estadual ou regional.

I - A pontuação máxima na categoria será de 60 (sessenta) pontos assim distribuídos:
20 pontos - Corrida (Outrun);
10 pontos - Levante (Lift);
20 pontos - Trazida (Fetch);
10 pontos - Encerra (Pen).
II - A "Corrida" (Outrun) na categoria NOVATOS será de 150 m (cento e cinqüenta metros).
III - A Encerra terá formato retangular com 2,40 m (dois metros e quarenta centímetros, ou 08 pés) de largura por 2,75 m (dois metros e setenta e cinco centímetros, ou 09 pés) de profundidade, tendo uma porteira com abertura total não inferior a 170º (cento e setenta graus) e contando, para seu manejo, com uma corda auxiliar de 1,80 m (um metro e oitenta centímetros, ou 06 pés).
IV - As cancelas centrais serão posicionadas a 70m (setenta metros, ou 75 jardas) do poste do condutor e separadas entre si por 6,40m (seis metros e quarenta centímetros, ou 07 jardas) para a passagem do rebanho.

B.2 Categoria RANCH OVINOS

Artigo 4º - A prova de RANCH será disputada pelos cães qualificados através da Classificatória Nacional da Associação Brasil Border Collie - ABBC (CNA), pontuando através das Provas Credenciadas junto a ABBC, promovidas pelas associações estaduais ou regionais associadas à ABBC.

§ 1º - Comporão uma lista de 03 cães reservas.

I - A pontuação máxima na categoria será de 85 (oitenta e cinco) pontos assim distribuídos:
20 pontos - Corrida (Outrun);
10 pontos - Levante (Lift);
20 pontos - Trazida (Fetch);
15 pontos - Condução (Drive);
10 pontos - Aparte (Shed);
10 pontos - Encerra (Pen).

II - A "Corrida" (Outrun) na categoria RANCH será de 250m (duzentos e cinqüenta metros).
III - A perna de "Condução" (Drive) será de 90m (noventa metros).
IV - A Encerra terá formato retangular com 2,40 m (dois metros e quarenta centímetros, ou 08 pés) de largura por 2,75 m (dois metros e setenta e cinco centímetros, ou 09 pés) de profundidade, tendo uma porteira com abertura total não inferior a 170º (cento e setenta graus) e contando, para seu manejo, com uma corda auxiliar de 1,80 m (um metro e oitenta centímetros, ou 06 pés).
V - As cancelas centrais serão posicionadas a 135m (cento e trinta e cinco metros, ou 150 jardas) do poste do condutor e, assim como as cancelas laterais, separadas entre si por 6,40m (seis metros e quarenta centímetros, ou 07 jardas) para a passagem do rebanho.

B.3 Categoria OPEN OVINOS

Artigo 5º - A prova de OPEN será disputada pelos cães qualificados através da Classificatória Nacional da Associação Brasil Border Collie - ABBC (CNA), pontuando através das Provas Credenciadas junto a ABBC, promovidas pelas associações estaduais ou regionais associadas à ABBC.

§ 1 º - Comporão uma lista de 03 cães reservas.

Artigo 6º - A pontuação máxima nas 2 (duas) provas Classificatórias da categoria OPEN será de 110 (cento e dez) pontos assim distribuídos:
20 pontos - Corrida (Outrun);
10 pontos - Levante (Lift);
20 pontos - Trazida (Fetch);
30 pontos - Condução (Drive e Cross-Drive);
10 pontos - Apartação (Shed);
10 pontos - Encerra (Pen);
10 pontos - Simples (Single).

I - A "Corrida" (Outrun) na categoria OPEN será de 365m (trezentos e sessenta e cinco metros, ou 400 jardas).
II - O conjunto da Condução ("Drive") deverá ter em toda a sua extensão 412m (quatrocentos e doze metros, ou 450 jardas), divididos em 03 (três) trechos, preferencialmente de igual comprimento.
III - Na fase da "Apartação" ("Shed") e no Simples ("Single") o trabalho de aparte será feito dentro de um círculo de 36 m (trinta e seis metros, ou 40 jardas) de diâmetro previamente marcado na pista, próximo ao poste do condutor.
IV - Para a realização dos apartes, dois dos cinco ovinos que serão trabalhados em cada prova devem portar no pescoço uma coleira que possua cor e largura adequadas para que se tornem facilmente visíveis pelo condutor e pelo juiz de prova.
a. Na "apartação" (Shed), serão apartados, do lote de cinco ovinos, apenas 2 (dois) ovinos dentre os que estejam sem colar.
b. Após o Aparte o condutor deverá reunir novamente os ovinos e depois fazer a Encerra.
c. Procedida a Encerra, o condutor deverá reunir os ovinos no círculo de apartação e proceder ao Aparte Simples ("Single"), no qual o cão deverá apartar, do lote de 05 (cinco) ovinos, apenas 01 (um) ovino dentre os que estejam com colar.

V - A Encerra terá formato retangular com 2,40 m (dois metros e quarenta centímetros, ou 08 pés) de largura por 2,75 m (dois metros e setenta e cinco centímetros, ou 09 pés) de profundidade, tendo uma porteira com abertura total não inferior a 170º (cento e setenta graus) e contando, para seu manejo, com uma corda auxiliar de 1,80 m (um metro e oitenta centímetros, ou 06 pés).

VI - As cancelas centrais serão posicionadas a 135m (cento e trinta e cinco metros, ou 150 jardas) do poste do condutor e, assim como as cancelas laterais, separadas entre si por 6,40 m (seis metros e quarenta centímetros, ou 07 jardas) para a passagem do rebanho.

B.4 Final Da Categoria Open Ovinos Com Duplo Levante

Artigo 7º - Para a prova Final do Campeonato Brasileiro, classificar-se-ão, os cães com as mais altas pontuações, considerando a soma dos pontos obtidos nas 02 (duas) primeiras provas, denominadas Classificatórias.

Artigo 8º - A pontuação máxima da Final da Open Ovinos com Duplo Levante (double lift) será de 170 (cento e setenta) pontos assim distribuídos:
20 pontos - 1ª Corrida (First Outrun);
10 pontos - 1º Levante (First Lift);
20 pontos - 1ª Trazida (First Fetch);
20 pontos - 2ª Corrida (Second Outrun);
10 pontos - 2º Levante (Second Lift);
20 pontos - 2ª Trazida (Second Fetch);
40 pontos - Condução (Drive e Cross-Drive);
20 pontos - Apartação (Shed);
10 pontos - Encerra (Pen).

I - O percurso com duplo levante (double lift) consiste na busca e trazida de 02 (dois) rebanhos, compostos de 10 (dez) ovinos cada, distantes entre 450m a 700m do condutor, em um ângulo entre 40° e 50º (quarenta e cinqüenta graus) em relação à linha central da pista, tendo como vértice o Poste do Condutor.
II - Na primeira corrida deste percurso o cão deve partir do lado do seu condutor, buscar o primeiro rebanho, trazê-lo em linha reta deste o ponto de largada do rebanho até o poste de reunião de rebanhos, passando pelo meio das cancelas centrais.
III - Na segunda corrida o cão deve partir do local em que segurou o primeiro rebanho junto ao poste de reunião, virar-se para o ponto de largada do segundo rebanho, e efetuar uma corrida em sentido inverso ao da primeira corrida e sempre pela parte externa da pista, e buscar este rebanho trazendo da mesma forma que na primeira corrida, para então juntar os rebanhos junto ao Poste de Reunião.
IV - O poste de reunião dos rebanhos deve estar alinhado com o centro das cancelas centrais e distar delas 18 m (dezoito metros, ou 20 jardas).
V - Após reunidos os rebanhos em um só, deverá o cão trazê-lo em linha reta até o condutor e contornar este no mesmo sentido da primeira corrida.
VI - Terminado o contorno tem inicio a Condução ("Drive"), que terá em toda sua extensão 540m (quinhentos e quarenta metros ou 600 jardas), divididos em 03 (três) trechos, preferencialmente de igual comprimento.
VII - A Condução ("Drive") terminará com a entrada do rebanho no Círculo de aparte, com diâmetro de 36 m (trinta e seis metros ou 40 jardas), previamente marcado na pista, e próximo ao poste do condutor, para início a Apartação.
VIII - Na fase do Aparte, todo trabalho de aparte deverá ser feito com o rebanho dentro do Círculo de Apartação, onde o cão, com auxílio do condutor, deve separar dos demais animais, afastar e manter sobre controle, os cinco ovinos marcados.
IX - Para a realização dos apartes, 05 (cinco) dos 20 (vintes) ovinos que serão trabalhados em cada prova, devem portar no pescoço uma coleira de cor e largura adequadas para que as tornem facilmente identificáveis pelo condutor e pelo juiz de prova.
X - Após o Aparte tem inicio a fase de Encerra, que consiste em fazer que o cão desloque os 05 (cinco) ovinos apartados e encerrá-los na mangueira da Encerra.
XI - A Encerra terá formato retangular com 2,40 m (dois metros e quarenta centímetros, ou 08 pés) de largura por 2,75 m (dois metros e setenta e cinco centímetros, ou 09 pés) de profundidade, tendo uma porteira com abertura total não inferior a 170º (cento e setenta graus) e contando, para seu manejo, com uma corda auxiliar de 1,80 m (um metro e oitenta centímetros, ou 06 pés).
XII - As cancelas centrais serão posicionadas a 135m (cento e trinta e cinco metros, ou 150 jardas) do poste do condutor e, assim como as cancelas laterais, separadas entre si por 08 m (oito metros, ou 09 jardas) para a passagem do rebanho.
XIII - Será considerado Campeão Brasileiro de pastoreio com ovinos o cão que obtiver a maior pontuação na prova Final.


C PROVAS COM BOVINOS
C.1 Categoria NOVATOS BOVINOS

Artigo 9º - A prova de NOVATOS será disputada pelos cães qualificados através da Classificatória Nacional da Associação Brasil Border Collie - ABBC (CNA), pontuando através das Provas Credenciadas junto a ABBC, promovidas pelas associações estaduais ou regionais associadas à ABBC.

§ 1º - Comporão uma lista de 03 cães reservas.

I - A pontuação máxima na categoria será de 60 (sessenta) pontos assim distribuídos:
20 pontos - Corrida (Outrun);
10 pontos - Levante (Lift);
20 pontos - Trazida (Fetch);
10 pontos - Encerra (Pen).
II - A "Corrida" (Outrun) na categoria NOVATOS BOVINOS será de 150 m (cento e cinqüenta metros).
III - As cancelas centrais serão posicionadas a 70m (setenta metros, ou 75 jardas) do poste do condutor e separadas entre si por 6,40 m (seis metros e quarenta centímetros ou 07 jardas) para a passagem do rebanho.
IV - A Encerra terá forma quadrangular, formada por 03 (três) lados de 05(cinco) metros cada.
V - Na fase da Encerra será permitido ao condutor auxiliar o cão desde que dentro dos limites estabelecidos pelo Juiz da prova.
VI - Haverá um circulo com 36 metros de diâmetros beirando o ponto do condutor, onde será permitida a movimentação do condutor para a passagem dos Bovinos até a Encerra.
VII - Na Encerra será permitido ao Condutor deslocar-se do ponto, escolher um dos lados da mesma e na forma que o Juiz autorizar, auxiliar o Cão na Encerra.

C.2 Categoria RANCH BOVINOS

Artigo 10º - A prova de RANCH será disputada pelos cães qualificados nesta categoria em cada um dos respectivos campeonatos organizados pelas associações estaduais ou regionais associadas à ABBC.

§ 1º - Comporão uma lista de cães reservas os 03 (três) cães classificados seguintes nos respectivos campeonatos estaduais ou regionais.

I - A pontuação máxima na categoria será de 75 (setenta e cinco) pontos assim distribuídos:
20 pts - Corrida (Outrun);
10 pts - Levante (Lift);
20 pts - Trazida (Fetch);
15 pts - Condução (Drive);
10 pts - Encerra (Pen).
II - A "Corrida" (Outrun) na Categoria RANCH será de 200 (duzentos e cinqüenta) metros.
III - A perna de "Condução" (Drive) será de 90 (noventa) metros.
IV - A Encerra terá forma quadrangular, formada por 03 (três) lados de 05(cinco) metros cada.
V - Na fase da Encerra será permitido ao condutor auxiliar o cão desde que dentro dos limites estabelecidos pelo Juiz da prova.
VI - As cancelas centrais serão posicionadas a 135m (cento e trinta e cinco metros ou 150 jardas aproximadamente) do poste do condutor e, assim como as cancelas laterais, separadas entre si por 6,40 m(seis metros e quarenta centímetros, ou 07 jardas) para a passagem do rebanho.
VII - Haverá um circulo com 36 metros de diâmetros beirando o ponto do condutor, onde será permitida a movimentação do condutor para a passagem dos Bovinos ao fim da trazida para o inicio da condução.

C.3 Categoria OPEN BOVINOS
Artigo 11º - A prova de OPEN será disputada pelos cães qualificados nesta categoria em cada um dos respectivos campeonatos organizados pelas associações estaduais ou regionais associadas à ABBC.

§ 1º - Comporão uma lista de cães reservas os 03 (três) cães classificados seguintes nos respectivos campeonatos estaduais ou regionais.

I - A pontuação máxima na categoria será de 100 (noventa) pontos assim distribuídos:
20 pontos - Corrida (Outrun);
10 pontos - Levante (Lift);
20 pontos - Trazida (Fetch);
30 pontos - Condução (Drive e Cross Drive);
10 pontos - Brete (Pen);
10 pontos - Encerra (Pen).
II - A "Corrida" (Outrun) na categoria OPEN será de 250 (duzentos e cinquenta metros).
III - O conjunto da Condução ("Drive") deverá ter em toda a sua extensão 270m (duzentos e setenta), divididos em 03 (três) lados iguais em comprimento.
IV - O Brete ou "Shut" terá a forma de um "Y" com comprimento total de 8m (oito metros), tendo a parte do funil (entrada com laterais convergentes) 4 m (quatro metros) de lado e abertura de 4 m (quatro metros) e o tubo (saída com laterais paralelas) com 4 m (quatro metros) de comprimento e 1 m (um metro) de largura.
V - A Encerra terá forma quadrangular, formada por 03 (três) lados de 05(cinco) metros cada.
VI - Nas fases do Brete e da Encerra será permitido ao condutor auxiliar o cão desde que dentro dos limites estabelecidos pelo juiz da prova durante a reunião dos condutores.
VII - As cancelas centrais serão posicionadas a 135m (cento e trinta e cinco metros, ou 150 jardas) do poste do condutor e, assim como as cancelas laterais, separadas entre si por 6,40m (seis metros e quarenta centímetros, ou 07 jardas) para a passagem do rebanho.
VIII - Haverá um circulo com 36 metros de diâmetros beirando o ponto do condutor, onde será permitida a movimentação do condutor para a passagem dos Bovinos ao fim da trazida e começo da condução
IX - Na Encerra será permitido ao Condutor deslocar-se do ponto, escolher um dos lados da mesma e quando o Juiz autorizar auxiliar o Cão na Encerra.
X - O Funil será colocado, sempre que o terreno permitir, entre a última cancela do "Drive" e a Encerra, com sua saída beirando o círculo, em direção a Encerra.
XI - Na passagem dos bovinos, ao fim da Trazida, pelo ponto do condutor, será permitido a este deslocar-se dentro do círculo de 36 (trinta e seis ) metros de diâmetro que será marcado a partir do ponto do Condutor passando pela saída do Funil.

Artigo 12º - Em todas as categorias os cães que forem desclassificados em uma das provas do Campeonato Brasileiro não terão direito a qualquer ponto de participação na respectiva prova.

Artigo 13º - Os condutores que desistirem de correr a prova da categoria na qual estão inscritos, terão que honrar o pagamento da taxa de inscrição.

CAPÍTULO II - DAS PREMIAÇÕES:

Artigo 14º - Haverá premiação para os cães que se classificarem em 1º, 2º e 3º lugares no Campeonato Brasileiro de Pastoreio.

Artigo 15º - Os campeões Brasileiros do Campeonato Brasileiro de Pastoreio das categorias mais altas das provas com OVINOS e BOVINOS, receberão os seus respectivos Troféus Itinerantes durante a cerimônia de premiação.

Artigo 16º - Nos Troféus dos três (3) primeiros classificados das 06 (seis) Categorias do Campeonato Brasileiro deverão constar sempre as seguintes informações:
a - Nome da categoria e a classificação (1º 2º ou 3º lugar);
b - Campeonato Brasileiro de Pastoreio de OVINOS ou BOVINOS.
c - O local da prova e a data.


CAPÍTULO III - DAS INSCRIÇÕES DE CÃES POR CATEGORIA

Artigo 17º - O valor a ser cobrado por inscrição em prova de cada cão será definido em Assembléia Geral Ordinária (AGO) da ABBC e publicado por ato administrativo da Diretoria.

§ 1º - As Associações regionais ou estaduais deverão recolher para a conta de um fundo da ASSOCIAÇÃO BRASIL BORDER COLLIE - ABBC - parte do valor das inscrições de cada cão nas respectivas provas classificatórias dos campeonatos organizados pelas associações regionais ou estaduais, cujo valor também deverá ser definido pela AGO da ABBC e tornado público aos associados.
§ 2º - É condição para o cão poder participar das provas do Campeonato Brasileiro a apresentação e entrega pelo condutor ou proprietário de atestado médico veterinário informando que o cão está em plenas condições de saúde e vacinação em dia; estando conforme exigências da comissão de admissão de cães.

CAPÍTULO IV - DO CALENDÁRIO DAS PROVAS CLASSIFICATÓRIAS E DO CAMPEONATO BRASILEIRO

Artigo 18º - A partir de 1 de dezembro de 2012 estará em vigor a Classificatória Nacional da Associação Brasil Border Collie - ABBC (CNA). Como exigências para poder constar na Classificatória Nacional da Associação Brasil Border Collie - ABBC (CNA), e concorrer às vagas disponíveis no Campeonato Brasileiro de Pastoreio, o associado deverá estar em dia com a sua anuidade Regional e com a sua anuidade junto a Associação Brasil Border Collie, ABBC até o dia 31 de maio de 2014. Dia 1 de junho de 2014 serão mantidos na Classificatória Nacional da Associação Brasil Border Collie - ABBC (CNA) somente os cães dos condutores e proprietários ranqueados que estiverem em dia com a sua Regional e com a Associação Brasil Border Collie - ABBC. Para poder validar suas provas cada filiada a Associação Brasil Border Collie - ABBC deverá informar seu calendário anual até o dia 31 de maio, em todas as categorias, para que seus associados possam concorrer às vagas disponíveis no Campeonato Brasileiro de Pastoreio. Para a prova ser considerada válida a data da mesma deverá ser informada com um prazo mínimo de 30 dias de sua realização para que a Associação Brasil Border Collie - ABBC realize o credenciamento da prova. No pedido deverão ser informados local e data de realização da prova. As provas válidas para a Classificatória Nacional da Associação Brasil Border Collie - ABBC (CNA) deverão ser realizadas conforme o Regulamento de Provas da Associação Brasil Border Collie - ABBC. O critério de pontuação da CNA será que os 50% do total de cães que correrem a prova, melhores colocados em cada categoria serão pontuados, pela ordem, com o número de pontos relativos à sua classificação mais um ponto de participação que será atribuído a todos que correrem a prova válida (exemplo: em uma prova com 10 cães inscritos, independente da categoria, 50% da categoria são os 5 primeiros e estes receberam pontos na ordem de 5, 4, 3, 2 e 1; mais o ponto de participação que será atribuído a todos que correrem a prova válida). Estes pontos serão publicados no site da Associação Brasil Border Collie no link a ser criado com nome CNA (Classificatória Nacional da Associação Brasil Border Collie - ABBC), também serão divulgadas neste link todas as provas válidas credenciadas pelas filiadas no ano. O prazo de inscrições no Campeonato Brasileiro de Pastoreio é até o dia 15 de outubro aos classificados, e no dia 20 de outubro aos reservas. O valor da inscrição no Campeonato Brasileiro de Pastoreio 2014 será de R$ 200,00 (cem Reais). O prazo de recolhimento, para a Associação Brasil Border Collie - ABBC, sobre as inscrições em provas válidas no valor de R$ 5,00 (cinco Reais) para cada cão inscrito por categoria, terá o prazo de 30 dias da realização da prova para seu recolhimento sob pena de multa de 20% para recolhimento fora do prazo, até 60 dias após a realização da prova válida. Após o prazo de 60 dias sem o recolhimento a prova perderá a validade para a Classificatória Nacional da Associação Brasil Border Collie (CNA) e não será mais aceito o recolhimento. Para tal, a filiada deverá realizar no mínimo quatro provas anuais dentro do período de 1 de dezembro até 30 de setembro e informar seu calendário anual até o dia 31 de maio, em todas as categorias, e deverá respeitar o prazo mínimo de 30 dias para credenciamento de prova válida junto a Associação Brasil Border Collie - ABBC..

Artigo 19º - O Campeonato Brasileiro de Provas de Pastoreio será realizado durante o mês de novembro de cada ano, em local a ser definido pela Diretoria, nos termos deste regulamento.

CAPÍTULO V - DA COMISSÃO TÉCNICA DA ASSOCIAÇÃO BRASIL BORDER COLLIE

Artigo 20º - A Comissão Técnica da ABBC, de representação paritária, compõe-se de um grupo de 08 (oito) integrantes, dos quais um exercerá a função de diretor, que têm como incumbência, além das já previstas neste regulamento:

I - A elaboração de propostas de redação para documentos de interesses dos associados, tais como regulamentos de provas e estatutos.
II - Propor alterações e atualizações ao Regulamento de Provas aprovado.
III - Indicar o Juiz de Prova e o Diretor de Prova do Campeonato Brasileiro.

CAPÍTULO VI - DOS JUÍZES DAS PROVAS

Artigo 21º - O responsável pela sede onde serão realizadas as provas do Campeonato Brasileiro de Pastoreio também será responsável por montar a pista de prova dentro dos padrões propostos neste regulamento, cujo percurso, terreno, mangueiras de manejo e demais instalações deverão ser revisadas e aprovadas com 24 horas de antecedência pelo Juiz da Prova e pela Comissão Técnica da ABBC.

§ Único - O Juiz de Prova e o Diretor de Prova serão indicados na forma do § 5º do artigo 1º deste regulamento.

I - Cabe ao Juiz da Prova indicar o seu (sua) Secretário (a).
II - Juízes renomados do exterior serão bem vindos para julgar nossas provas, tendo os mesmos que serem aprovados pela Comissão Técnica da ABBC de por maioria absoluta.
III - Juiz estrangeiro se houver, deverá agir dentro dos padrões propostos neste regulamento e trabalhar de comum acordo com a Comissão Técnica da ABBC.
IV - Os critérios de julgamento serão norteados pela International Sheep Dog Society (ISDS).
V - O juiz da prova deverá promover uma reunião dos condutores antes do início da prova de cada categoria e esclarecer as tarefas de cada percurso da prova, devendo as dúvidas, por parte dos condutores, serem esclarecidas nessa reunião.

CAPÍTULO VII - DA DISTRIBUIÇÃO DE VAGAS

Artigo 22º - As vagas do Campeonato Brasileiro de Pastoreio serão distribuídas da seguinte forma:

I - Para a Categoria Open Ovinos haverá 40 (quarenta) vagas para a sexta feira, sendo que destes os 30 (trinta) cães com melhores pontuações correrão no sábado e os 15 cães com as melhores Pontuações dos dois dias disputarão a Final em prova de Duplo Levante no domingo, sendo zeradas as pontuações.
II - Open Bovinos com 30 (trinta) vagas para terça-feira sendo que as 20 melhores pontuações correm na quarta feira e 10 melhores pontuações considerados os dois dias somados correm a Final na quinta feira. Será considerada para a pontuação total a soma das pontuações antes obtidas somada a pontuação da final.
III - Para a categoria Ranch Ovinos haverá 30 (trinta) vagas, sendo que correm no segundo dia apenas as 20 (vinte) melhores pontuações e na Final, ao terceiro dia as 10 melhores pontuações, consideradas a soma dos dois primeiros dias. Será considerada para a pontuação total a soma das pontuações antes obtidas somada a pontuação da final.
Para a categoria Ranch Bovinos haverá 18 (dezoito) vagas correndo nos dois primeiros dias e as 9 (nove) melhores pontuações disputam a Final no terceiro dia. Será considerada para a pontuação total a soma das pontuações antes obtidas somada a pontuação da final
IV - Para a Categoria Novatos Ovinos haverá 30(trinta) vagas para o primeiro dia, 20 vagas para o segundo dia e 10 vagas para a Final, no terceiro dia, consideradas a soma dos dois dias anteriores. Será considerada para a pontuação total a soma das pontuações antes obtidas somada a pontuação da final.
V - Para a Categoria Novatos Bovinos haverá 16 (dezesseis) vagas correndo nos dois primeiros dias e 8 (oito) vagas para a final, consideradas a soma das pontuações obtidas nos dois dias anteriores. Será considerada para a pontuação total a soma das pontuações antes obtidas somadas a pontuação da final.
Nas categorias Novatos Ovinos e Bovinos não serão permitidos condutores que tenham participado de Provas Oficiais na Categoria Open Bovinos ou Ovinos em qualquer Campeonato Estadual ou Regional

CAPÍTULO VIII - DAS REGRAS PARA CÃES E CONDUTORES

Artigo 23º - O condutor deverá obedecer aos critérios e regras estabelecidos neste regulamento.

I - O condutor, ao inscrever seu cão na prova, aceita diretamente o julgamento do juiz da prova, não sendo aceitas revisões de julgamento, muito embora sugestões sejam bem-vindas e deverão ser encaminhadas pelo condutor à Comissão Técnica da ABBC por escrito.
II - O condutor, ao mandar seu cão em direção ao rebanho, aceita os animais disponíveis para ele na prova.
III - O condutor, ao mandar seu cão em direção ao rebanho, deverá estar ciente do percurso de prova e das disposições gerais que constam neste regulamento.
IV - Todos os condutores deverão manter seus cães em guias, presos ou amarrados, a fim de que não ocorram imprevistos que atrapalhem o andamento das provas por invasão de pista por parte de cães que não estão competindo naquele momento.

§ 1º - A reincidência envolvendo o mesmo competidor invadindo a pista de prova poderá acarretar sua desclassificação, ficando esta decisão a critério do juiz da prova.
§ 2º - O condutor que não esteja participando da prova em questão poderá ser suspenso se soltar seu cão na pista de prova e demonstrar uma atitude anti-esportiva, ficando esta decisão a critério da Comissão Técnica de Provas da ABBC.

V - O condutor não poderá tocar nos animais do rebanho que está sendo trabalhado por ele e seu cão na prova, assim como também não poderá tocar no seu cão, ficando ao prudente arbítrio do juiz a medida a ser adotada nesses casos.
VI - Cada parte do percurso da prova será julgada somente após sua conclusão, não sendo permitido ao condutor deixar de cumprir uma parte do percurso da prova para passar direto para outra.
VII - Nenhum cão poderá correr em mais de uma categoria na mesma prova.
VIII - Ao não cumprir regras comportamentais estabelecidas neste regulamento o condutor será julgado pela Comissão Técnica da ABBC, tendo como base os fatos, o parecer do juiz da prova em questão e o parecer do Diretor de Prova.
IX - Dependendo do teor dos fatos, o condutor poderá ser suspenso da participação em provas, ficando este julgamento a cargo da Comissão Técnica da ABBC.
X - O condutor deverá tirar suas dúvidas em relação ao percurso da prova e critérios de julgamento na reunião dos condutores de cada categoria.

§ Único - A reunião se realizará momentos antes do início da respectiva prova da categoria.

XI - O condutor que estiver correndo a prova somente poderá se comunicar com o diretor de prova, não sendo permitida a comunicação com o público externo nem com o juiz da prova ou seu secretário (a).

Artigo 24º - O conjunto condutor e cão serão DESCLASSIFICADOS nos seguintes casos:
I - O condutor sair no "Ponto Fixo" (Handler's Post) sem a autorização do Juiz.
II - O condutor "Abandonar" a prova sem comunicar sua desistência ao Juiz.
III - O cão morder e "pendurar" em algum dos animais disponíveis na pista.
IV - O condutor que demonstrar qualquer atitude anti-esportiva em relação ao seu cão, ao rebanho disponível em sua prova, ao juiz, ao secretário, aos demais competidores ou ao público em geral, a critério do juiz da prova.
V - O condutor que se comunicar com o público externo durante sua condução na prova.
VI - O condutor que se dirigir ao juiz da prova sem autorização do Diretor de Prova.
VII - O condutor que utilizar aparelhos eletrônicos, rádios ou telefone celular durante sua condução na prova.
VIII - O conjunto cão/condutor que perder o controle sobre o rebanho e conduzir, ou deixar escapar, os animais para fora dos limites da pista de prova

§ 1º - Ao comunicar sua desistência ao juiz, o condutor mantém os pontos obtidos até aquele momento, porém o condutor somente poderá sair do "Ponto Fixo" (Handler's Post) após o juiz da prova ter aceitado seu pedido de desistência.
§ 2º - O condutor será convidado a se retirar da prova se esgotar o tempo estipulado para a mesma, mantendo os pontos obtidos referentes aos obstáculos concluídos até aquele instante.
§ 3 º - O condutor também será convidado a se retirar da Prova por motivo de desclassificação.

Artigo 25º - Os tempos de prova ficarão a critério do juiz, o qual levará em consideração o percurso de prova e suas distâncias, tendo como limite máximo os seguintes:
I - Categorias NOVATOS OVINOS e NOVATOS BOVINOS: 05 (cinco) minutos.
II - Categorias RANCH OVINOS e RANCH BOVINOS: 10 (dez) minutos.
III - Categorias OPEN OVINOS e OPEN BOVINOS: 15 (quinze) minutos.
IV - Prova Final da Categoria OPEN OVINOS com DUPLO LEVANTE: 30 (trinta) minutos.

§ 1º - Reduzido o tempo pelo juiz da prova, poderá ele, após as primeiras corridas da categoria, alterar para mais o tempo de prova, caso entenda insuficiente.
§ 2º - Nenhum condutor poderá ser prejudicado com esta decisão e esta só ocorrerá em função de possíveis dificuldades impostas pelo rebanho ou pela própria pista de prova. Neste caso, todos competidores da categoria serão avisados pelo Diretor de Prova.

CAPÍTULO IX - DAS PROVAS - CONSIDERAÇÕES GERAIS

Artigo 26º - Em caso de empate por pontos em qualquer categoria, o critério de desempate dos 1º, 2º e 3º lugares será o seguinte:

I - Melhor "Corrida" (Outrun) em todas categorias;
II - Melhor "Levante" (Lift) em todas categorias;
III - Melhor "Trazida" (Fetch) em todas categorias;
IV - Melhor "Condução" (Drive) em RANCH e OPEN;
V - Melhor "Apartação" (Shed) em OPEN;
VI - Melhor "Encerra" (Pen) em todas categorias.

§ 1º - Se ocorrer empate por pontos em uma das categorias do Campeonato Brasileiro de Pastoreio, será disputado um desempate ("Play-Off") para definir os três primeiros colocados da categoria para o Campeonato Brasileiro de Pastoreio.
§ 2º - Aplica-se o disposto neste artigo no caso de empate por Pontos em um "Play-Off" para decidir uma categoria no Campeonato Brasileiro de Pastoreio.
§ 3º - Se ocorrer empate por pontos entre os demais classificados em qualquer uma das categorias do Campeonato Brasileiro de Pastoreio, estes serão considerados empatados e dividirão a colocação no Campeonato Brasileiro de Pastoreio.

Artigo 27º - As condições gerais do percurso da prova não poderão ser alteradas durante a prova de uma categoria, prevalecendo a igualdade de condições para todos até o final daquela prova.

Artigo 28º - A ordem de disputa das provas nas respectivas categorias será:
a - Prova de OPEN OVINOS, pista 2 (dois) dias 28, 29 e 30 de novembro, sexta, sábado e domingo.
b - Prova de RANCH e NOVATOS OVINOS, pista 1 (um) dias 22, 23 e 24 de novembro, sábado domingo e segunda.
c - Prova de BOVINOS, todas as categorias, pista 1 (um) dias 25, 26 e 27, de novembro, terça, quarta e quinta feiras .

Artigo 29º - Será obrigatória a presença de um Médico Veterinário durante todas as provas do Campeonato Brasileiro para dar assistência aos cães concorrentes e para, por iniciativa do juiz, do Diretor ou da Comissão Técnica de Provas, e a qualquer momento, examinar algum cão com sinais de não estar em condições de saúde para o esforço exigido pelas provas, situação que, comprovada pelo Veterinário, implicará na desclassificação do cão.

CAPÍTULO X - DA ASCENÇÃO ("UPGRADE") OBRIGATÓRIA

Artigo 30º - Um cão só poderá disputar a categoria NOVATOS por no máximo de 02 (dois) campeonatos, sendo considerado como tendo disputado um campeonato aquele cão que participar em cada ano da metade das respectivas provas regionais ou estaduais.

SUMÁRIO:
I - DAS PROVAS - REGRAS GERAIS

A. REGRAS GERAIS

B. PROVAS COM OVINOS

B.1. Categoria NOVATOS OVINOS:
B.2. Categoria RANCH OVINOS:
B.3. Categoria OPEN OVINOS:
B.4 Final da Categoria OPEN OVINOS com Duplo Levante

C. PROVAS COM BOVINOS
C.1. Categoria NOVATOS BOVINOS:
C.2. Categoria RANCH BOVINOS:
C.3. Categoria OPEN BOVINOS:

II - DAS PREMIAÇÕES

III - DAS INSCRIÇÕES DE CÃES POR CATEGORIA

IV - DO CALENDÁRIO DAS PROVAS CLASSIFICATÓRIAS E DO CAMPEONATO BRASILEIRO

V - DA COMISSÃO TÉCNICA DE PROVAS

VI - DOS JUÍZES DAS PROVAS

VII - DA PONTUAÇÃO

VIII - DAS REGRAS PARA CÃES E CONDUTORES

IX - DAS PROVAS - CONSIDERAÇÕES GERAIS

X - DA ASCENÇÃO ("UP GRADE") OBRIGATÓRIA

XI - ANEXOS


Desenvolvido por Charlei Battisti. @ABBC - 2017